Editorial Arauto 71

Uma Vez Escuta, Sempre Escuta

Mais que uma frase feita, é um sentimento que todos os verdadeiros escuteiros vivem diariamente. Tudo o que aprendemos neste movimento diariamente ao longo de nossas vidas, especialmente nos momentos de atividade escutista, são uma formação continua de valores e ideais que aplicamos, de um modo, digamos inconsistente, diariamente, na nossa vida pessoal e profissional.

Sempre alerta para servir é o lema que explica esta vivência, pelo que, sempre que realizamos uma boa ação não estamos à espera de qualquer recompensa, porque estamos a executar uma ação natural, como quando consumimos uma refeição.

Não quero com isto que interpretem de uma forma redutora a vivência escutista, muito pelo contrário, pois pretendo destacar a importância natural que os escuteiros têm nas comunidades em que estão envolvidos.

Neste ano temos vários homens e mulheres que sentiram o chamamento desde modo de estar na vida e que aprendem diariamente estes valores que B.P. deixou para todos nós, para que com felicidade deixemos o mundo um pouco melhor que o encontramos.

Para ti, que sentes cansaço e desalento, lembra-te que a tua maior recompensa é a felicidade de fazer o bem sem olhar a aquém e que, com essa atitude, deixas o mundo melhor para as gerações vindouras.

Conto contigo escuteira e escuteiro adulto para que consigamos uma Fraternidade mais forte, mais unida, mais interventiva, resultando assim numa Região de escuteiros adultos felizes por contribuírem na construção de uma Diocese do Porto mais Forte e mais Social.